Pular para o conteúdo principal

Carta de Micarla

Este espaço é dedicado a divulgar reminiscências, perfis e arquivos de reportagens que tenho feito e publicado no jornalismo impresso, porém, abro mão hoje para divulgar carta da amiga e colega Micarla de Sousa, prefeita de Natal, enviada à imprensa e ao seu círculo de amigos e colegas: 



CARTA ABERTA A NATAL



Antes de qualquer palavra, gostaria de agradecer a Deus pela vida e por tudo o que me fez chegar até aqui. Davi ao sair para uma das suas guerras, cantou: “O Senhor é a minha luz e a minha salvação, a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida, de quem recearei?”
São com estas palavras que inicio meu pronunciamento. Tive, tenho e terei sempre muito orgulho de, como natalense, ter tido a honra de administrar  minha terra. Natal, Terra que tanto amo!!! Uma mulher, sem sobrenomes tradicionais da política do meu estado. Em trinta anos, a única que conseguiu romper esta barreira vista como intransponível. Uma simples Sousa. Filha de dois seres especiais: Miriam e Carlos Alberto. Jornalista como tantos de vocês que aqui estão. Sim, com muita honra sou anunciada em todos os eventos oficiais como a Jornalista Micarla de Sousa. A mais jovem cidadã a chegar ao mais alto cargo da história do executivo municipal, com apenas 38 anos. Quantos natalenses gostariam de poder estar a frente da sua cidade??? Ter a oportunidade que a mim foi dada por Deus através do voto popular?? Tenho certeza que muitos.
Hoje, posso olhar para trás na minha 'longa' jornada de menos de oito anos como política e só tenho a agradecer pela generosidade do povo de Natal comigo. Natal que me elegeu Vice-Prefeita em 2004, Deputada Estadual mais votada da cidade em 2006 e Prefeita eleita no primeiro turno em 2008. A população, em especial, a mais humilde e esquecida pelos governos que me antecederam, foi às ruas e fez do nome Micarla quase que um coro em favor da melhoria da saúde, educação e da justiça social. E foi para eles, exatamente para eles que dediquei meu mandato. Para quem precisa de Governo. Decidi governar para as pessoas, pelas pessoas. Pela gente da minha terra. Para os invisíveis perante os poderosos. Enxergando o povo como cidadão, não como massa de manobra em tempo de eleição.
Foi para as mães que não tinham como trabalhar e deixar os seus filhos. Em 2009, em toda a cidade apenas 22 creches estavam abertas. Em três anos abrimos mais 53 escolas de Educação infantil e hoje chegamos a um dos maiores índices de creches por habitante de todo o país. Dezesseis mil crianças estão nos nossos 75 estabelecimentos de ensino conhecidos como Cemeis. Lá, são cuidadas, tratadas e educadas pelos nossos educadores infantis, a partir dos seis meses de idade, em alguns casos. A Educação, inclusive foi a nossa principal fonte de preocupação e investimentos. Nenhuma outra gestão investiu os números que investimos na educação da nossa cidade. E números não mentem. Estão à disposição no Tribunal de Contas para serem analisados. Para o Educador criamos a sua carreira e a carga horária de 30 horas semanais. Para o Professor concedemos aumento de 38% neste período. Somos uma das únicas capitais brasileiras a pagarmos bem acima do Piso Nacional do Magistério.
Governar com foco nas pessoas quer dizer também abrir mão de onze milhões de reais por ano e entregar bolsas de estudo em universidades particulares para que dezoito mil jovens, filhos de trabalhadores, oriundos das escolas públicas possam ter o seu futuro assegurado e alicerçado no conhecimento. É oferecer carteira de estudante gratuita a 250 mil estudantes natalenses. É assegurar fardamento completo e kit escolar para mais de 60 mil alunos da rede municipal, incluindo as creches.
Fazer uma administração tendo gente à frente é seguramente investir na saúde do nosso povo. Hoje, viramos a página de um passado onde medicamentos eram jogados no lixo aos milhões e médicos não faziam parte do dia a dia dos postos de saúde das regiões mais humildes. Trouxemos para Natal uma nova forma de fazer e tratar a saúde pública. Com respeito aos cidadãos, oferecendo dignidade no atendimento. Atualmente, a nossa Upa da Zona Norte é uma referência em todo o Brasil. Quinhentas pessoas são atendidas por dia naquela unidade de urgência e emergência. O que dizer também das nossas AMEs??? A população de Nova Natal, Brasilia Teimosa e Planalto sabem das mudança trazidas a estes bairros com os nossos Ambulatórios Médicos de Especialidade. Quinze mil pessoas atendidas por mês. Além do novo modelo que nossa gestão trouxe, melhoramos consideravelmente o que já existia. Reformulamos o Centro de Referência Infantil Sandra Celeste, criamos o Hospital da Mulher, entregamos três centros cirúrgicos nas nossas maternidades, reformamos o Hospital dos Pescadores, o Morton Mariz, além de diversas unidades básicas construídas e reformadas nos diversos bairros de Natal. Nos próximos dias estaremos inaugurando a UPA da Zona Oeste, na Cidade da Esperança, com capacidade de atendimento de 800 pessoas por dia, o dobro do que hoje atende o maior hospital de urgência e emergência do nosso estado,o Walfredo Gurgel, administrado pelo Governo.
Na saúde, ainda criamos o conceito da logística no armazenamento e entrega dos nossos medicamentos. Remédio jogado no ralo não mais faz parte da nossa realidade. E agradeço a Deus por não me fazer viver uma tristeza como essa.
Quando eu falo em cuidar de pessoas tenho que falar sobre o maior programa de erradicação de favelas já feito em Natal.  Três mil e quinhentas pessoas saíram de seis favelas e hoje têm a sua casa própria. Pessoas como a pequena Juliene , moradora da antiga favela do DETRAN, hoje Residencial Esperança, de apenas dez anos, a mesma idade do meu filho Kalis, que desde que havia nascido, esperava que algum gestor público pudesse enxergá-la e fazê-la viver em um lar digno. Pois foi para Juliene e milhares de famílias que investimos muito em moradia. Dignidade. Esta é a palavra quando lembro de cada chave que pude entregar.
Passaria horas aqui falando sobre o que fizemos nas nossas casas de Passagem, no incremento dos telecentros e casas da juventude, do nosso Albergue Noturno. Quantas coisas em tão pouco tempo...
E o que falar sobre o funcionalismo público??? Vinte anos de espera de vinte e um mil servidores que foram reconhecidos por mim, pela minha gestão, através do plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos.
Sei que alguns me criticam duramente pela minha opção em cuidar de gente. Dizem que Prefeito bom é o que calça ruas e maqueia a cidade com florzinhas plantadas nos canteiros. Eles chegam até a comparar. Fulano calçou tantas, sicrana outras tantas. E você, Micarla, quantas ruas calçou e asfaltou??? Não. Eu não aceitei o desafio de ser Prefeita da minha cidade para calçar RUAS. Aceitei para calçar VIDAS . E isto sei que fiz. Quantos jovens, quantas crianças, quantas mães e pais de família hoje têm sua vida transformada através da educação, da qualificação profissional e da saúde oferecidas pela minha gestão???
Não me arrependo de nada que fiz, nem das decisões que tomei. Troquei asfalto por escolas, sim. Troquei calçamento por Upas e AMEs. Troquei concreto armado por albergue para moradores de rua.
Faria tudo de novo.
Continuaria sem me render aos grupos poderosos desta cidade, que foram contrários a esta política de libertar as pessoas através da educação e da melhoria de vida. Os mesmos que, como uma verdadeira matilha de lobos famintos, querem comer as carnes do nosso povo mais uma vez. Políticos profissionais, que nunca tiveram a carteira de trabalho assinada na vida e que agora viram os seus dedos e mãos sujas em minha direção. Eu tenho minhas MÃOS LIMPAS. Não respondo processo por superfaturamento de obras nem por pegar levianamente dinheiro dos nossos aposentados e pensionistas. Na minha família todos trabalham dignamente. Sempre foi assim. Ninguém é acusado de desviar dinheiro público e eu nunca tive a tristeza de ver um dos meus familiares atrás das grades. Armaram comissão de investigação contra meu governo, o que descobriram é que aqui tem uma mulher que tem vergonha na cara e que não está na Prefeitura para se servir e sim para SERVIR.
A Biblia Sagrada, meu manual de vida, de como devo agir, diz, no Eclesiastes capítulo 3 : "Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: Há tempo de nascer e de morrer. Tempo de plantar e tempo de colher... Tempo de amar e tempo de se aborrecer. Tempo de guerra e tempo de Paz”.
É com esta certeza que hoje diante de todos vocês digo: É chegado meu tempo de cuidar do que é mais sagrado e precioso para mim, a minha FAMÍLIA e a minha SAÚDE. Quando entrei na política, Kalis tinha dois anos e Theo acabara de nascer. Hoje, eles têm dez e oito anos. São meninos lindos que precisam de uma mãe mais presente em suas vidas. No último um ano e meio fui vítima de dois AVCs - Acidente Vascular Cerebral - e recebi uma prótese no meu coração. Tudo isso, chegar tão perto da morte, fez-me repensar a minha vida.
Amo a política. Amo poder servir as pessoas, ajudar, transformar. Mas, agora é hora de parar. Não digo que é um adeus. Apenas um até breve. Estarei até dezembro me dedicando de corpo e alma à minha cidade amada. Até porque,através dos nossos projetos, da minha insistência em Brasília e da amizade fraterna que hoje comungo com a nossa Presidenta Dilma Rouseff, posso afirmar que Natal terá cerca de oitocentos milhões de reais para que o próximo governante possa investir na melhoria da infra-estrutura até a Copa de 2014. Sinto-me muito feliz em saber que foi através do meu esforço, das minhas mãos  e da minha equipe que conseguimos tudo isso. 
A todos meus auxiliares, à minha equipe, muito obrigada!
As lideranças comunitárias, a minha gratidão!
Aos amigos que pude fazer na política, como meu querido líder Enildo Alves,o meu reconhecimento!
Aos meus companheiros do Partido Verde, em especial ao nosso Presidente de Honra, Rivaldo Fernandes, e ao nosso Presidente Municipal, Edivan Martins, aos nossos Deputados Paulo Wagner e Gilson Moura, ao Vereador Aquino Neto e ao Senador Paulo Davim a certeza de que o sonho não acabou e que continua nas mãos de cada um de vocês e da nossa Militância Verde, em especial a Juventude Verde!
Ao meu grande amigo, Paulinho Freire, meu Vice-Prefeito, como te agradecer pela sua parceria, honradez , caráter e companheirismo??? Que Deus te abençoe, amigo.
Aos meus amigos Pastores e Pastoras, obrigada por cada palavra, por cada gesto. Estaremos ainda mais juntos. Em nome de Jesus!!!
Às minhas amigas queridas, de longo tempo e de pouquinho tempo, o meu carinho para sempre!!! Vocês são muito especiais para mim!!!
À minha família, alegria maior do meu ser, da minha Vida, espero poder retribuir nos próximos anos toda a ausência dos últimos tempos. Eu amo muito vocês!!!!!!!!!!
                                                  
Ao meu querido povo de Natal, obrigada, obrigada, obrigada!!!
Ao meu Deus, meu amado Deus que me sustém em todos os momentos, a certeza de que os Seus planos jamais serão frustados. “Eis-me aqui. Fazei de mim instrumento da sua vontade”. Agora, pronta para outras Missões, para onde quer que Tu queiras me levar.
Que Nosso Senhor Jesus cubra a todos nós e a nossa cidade de bênçãos de amor!!!
Obrigada!!!!

Natal, 25 de junho de 2012

Micarla de Sousa Weber 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ONDE ANDA OLGA BONGIOVANNI

A televisão brasileira nos últimos tempos tem revelado talentos na linha do humor. Há muito não aparece alguém que se destaque por sua atuação na linha de programas de auditório, a não ser Eliana, nas tardes de domingo, no SBT, com bons índices de audiência.        Em 1999, a cidade de São Paulo serviu de cenário em uma forte campanha de marketing para divulgar nova atração na TV Bandeirantes. Centenas de outdoors espalhados pela cidade anunciavam a apresentadora do programa matutino Dia a Dia, Olga Bongiovanni, um nome desconhecido do grande público, até então.        Quem seria aquela mulher, já aparentando algo em torno dos quarenta anos de idade, causando curiosidade tão comum em jornalistas que cobrem a mídia? No dia prometido para a estréia, quis saber de quem se tratava pois, certamente, de alguém que valeria a pena todo aquele investimento.        Eis que surge uma pessoa simpática, bonita e magra, ingredientes para o caminho do sucesso numa carreira em televisão. Porém, Olga B…

CENTENÁRIO DE DIX-HUIT ROSADO

DIX-HUIT ROSADO
        No dia 21 de maio de 1912, há cem anos, nascia em Mossoró, Rio Grande do Norte, Jerônimo Dix-huit Rosado Maia, filho do paraibano de Pombal, Jerônimo Ribeiro Rosado, casado em segundas núpcias com a conterrânea, Isaura Rosado Maia, irmã da primeira esposa, Maria Amélia Henriques Maia, de quem enviuvara.  Jerônimo era filho de um português de Coimbra, Jerônimo Ribeiro Rosado, que residia há muito tempo em Pombal. Formado em Farmácia, pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, o Jerônimo Rosado, ou seu Rosado, como era tratado em Mossoró, migrou para esta cidade, em 1890, à convite de um médico, com quem se associara para abrir a Farmácia Rosado. Seu Rosado registrou seus filhos e filhas com nomes esquisitos, o que já rendeu a participação de alguns de seus descendentes no Domingão do Faustão. Seu biógrafo, Luís da Câmara Cascudo conta no livro lançado em 1967, Jerônimo Rosado – Uma Ação Brasileira na Província que, seguindo a …

O SUCESSO DA REFIMOSAL