Pular para o conteúdo principal

Postagens

Lauro da Escóssia Filho

O menino que lia jornal

Por Fernanda da Escóssia Jornalista, filha
O menino aprendeu a ler aos 4 anos. De pé em cima de um banco, lia o jornal, e o povo na rua parava para ouvir as notícias. O menino nascera e crescera dentro de um jornal, O Mossoroense, fundado em 1872 por seu bisavô, Jeremias da Rocha Nogueira. No Brasil, era o tempo de um jornalismo de causas, panfletário, e O Mossoroense teve as suas: era republicano, abolicionista e antijesuítico. A lembrança do velho jornal de província invade minhas leituras enquanto leio, estudo, preparo aula e escrevo sobre jornalismo, mas também de modos mais insólitos. Ao estudar Ciências Sociais com meu filho, o livro cita a imprensa abolicionista do fim do século XIX. Pois seu tataravô fundou um jornal nessa época, filho. Abolicionista. Foi, mãe? Foi. Esse movimento abolicionista também ocorreu nas antigas províncias. Entendi. (Agora estou levemente preocupada. E se ele exagerar e botar na prova que o tataravô derrubou Dom Pedro II?) Volto à…
Postagens recentes

SILVO SANTOS VEM AI

Durante esse ano de 2017, o MIS - Museu da Imagem e do Som, na capital paulista, abrigou a exposição SILVIO SANTOS VEM AÍ, na qual o visitante conheceu toda a trajetória de Silvio Santos - considerado um dos maiores comunicadores do mundo inteiro - desde sua infância, passando pela evolução dos veículos de comunicação rádio e televisão, através de fotos, reportagens em revistas e jornais, cenários, vídeos e objetos cenográficos.  
     De longe, a impressão que deixou foi que aquela exposição merecia ganhar museu e o lugar ideal seria o Teatro Silvio Santos, desativado há anos, localizado no bairro Carandiru, na Zona Norte de São Paulo. Cheguei a comentar isso com alguns amigos e colegas do SBT e, para surpresa de todos, será exatamente no Teatro Silvio Santos, um antigo cinema, que será reformado para receber a exposição permanentemente.  





Folheto da exposição












O Castelinho de Eulina

Escritor na Avenida Paulista

Quem passa na Avenida Paulista se depara com uma cena inusitada: um jovem rapaz vendendo livros. Eduardo Lages não é um vendedor de livros qualquer, mas escritor com dois livros publicados e à venda em uma bicicleta equipada como se fosse uma livraria ambulante, com seus livros expostos e uma máquina de datilografia portátil. De formação profissional como designer, Eduardo Lages expõe seus livros de segunda a sexta na altura do número 1919, um casarão antigo em ruínas. Aos sábados e domingos ele não está no local porque, alegou, o estacionamento aonde guarda a bicicleta não abre nesses dias.  


Eduardo Lages disse que se sente bem expondo seus livros numa avenida que tem sido palco das mais diversas manifestações culturais e políticas.


Eduardo Lages forneceu seu e-mail para contato, alegou que não é adepto de whatsapp nem celular: eduardo.lages@outlook.com


Eis uma excelente sugestão de pauta para programas e telejornais.

Tarde de autógrafos com Ruth Rocha

ESCRITORA RUTH ROCHA REVIVE PARCERIA E LANÇA COLEÇÃO INFANTIL
 COISINHAS À TOA QUE DEIXAM A GENTE FELIZ, é tema de um grande evento literário que acontece no dia 18 de março, em São Paulo, com a presença de Ruth Rocha. Haverá oficinas de desenhos e fotos gratuitamente para as crianças e distribuição de autógrafos das escritoras, são algumas das atrações.

No dia 18 de março/2017 (sábado), a partir das 14h, a Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho, 915 – Vila Madalena/SP) será palco de um grande evento literário, com Ruth Rocha. Depois da bem-sucedida parceria entre os autores Ruth Rocha e Otávio Roth, que resultou, entre outras publicações, nos livros: “Azul e Lindo: Planeta Terra Nossa Casa” e “Declaração Universal dos Direitos Humanos” (Coleção Constelação), a Editora Salamandra lança, agora, a Coleção “Coisinhas à toa que deixam a gente feliz”, em quatro volumes, dois de autoria de Otávio e dois inéditos de Ruth, em edição especial e limitada. Em ocasião da festa de lançamento da Coleç…

Novo Baton

Novidade no Batom 





O chocolate mais famoso, Batom, acaba de lançar um novo sabor: creme morango. Surpresa. encontrei ao acaso, junto a um caixa de supermercado. Curiosa, adquiri imediatamente para experimentar e aprovo. O chocolate também mais barato do mercado, com apenas 16 gramas, também está disponível com outros sabores, ao preço de R$ 0,95 - noventa e cinco centavos.          


O filho de Bonner e Fátima

O filho do casal de apresentadores da TV Globo, William Bonner e Fátima Bernades, Vinicius Bonemer, envolveu-se num acidente na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro e logo o episódio ganhou as redes sociais. Internautas perguntavam por que o acidente com o adolescente não ganhou tanta repercussão. Alguns afirmam que se o fosse um filho do ex-presidente Lula, o caso teria repercutido mais, inclusive na TV Globo. Ora, o caso não teve a repercussão que teria caso fosse com um filho do ex-presidente, porque simplesmente, o moço não é filho de pessoas envolvidas em polêmicas, seja em âmbito social, digital ou policial. Vinicius é filho de um casal recém separado que até por uma questão de educação e de bom senso, não toca no assunto sequer em redes sociais, ao contrário de outros casais. Eu diria que, se o acidente fosse com um filho de Lula ou do casal também separado Zezé di Camargo e Zilu, ganharia repercussão, sim. O assunto renderia não somente na mídia como nas redes sociais. Zezé e Z…