DIA DA PÃE




















Hoje Dia dos Pais, não tenho o que comemorar, aliás, nunca comemoramos em casa porque somos filhos de pais desquitados, ele já falecido há exatos vinte anos. Então, como fomos criados por nossa Mãe, comemoramos o Dia da Pãe. Isso porque ela foi nossa Mãe e Pai. Foi a mantenedora da casa sempre. Por isso, parabenizo, não somente a nossa Pãe, mas tantas outras que existem pelo mundo que, decidem assumir a criação dos filhos, sem buscar pensão alimentícia, em tempos em que não havia os benefícios que o Governo Federal oferece, como atualmente, para colaborar com a renda familiar. Muito pelo contrário, foi à luta e criou os oito filhos longe de qualquer ambiente que pudesse nos levar para o mau caminho. Em vez disso, investiu em livros e em nossos estudos. Hoje colhe os resultados. Por isso, é merecedora de nosso carinho e total dedicação. Muito obrigada, a senhora cobriu a falta que poderíamos ter sentido em algum momento do nosso pai. Para quem é órfão de pai, lembro que temos um Pai todo dia, vigilante e protetor a nos acolher.

Comentários

  1. Professora Lúcia Rocha:
    Faça uma visitinha ao meu blog.

    http://blogdomendesemendes.blogspot.com

    Muito obrigado pela sua valiosa visita

    ResponderExcluir
  2. Professora Lúcia Rocha:

    Em nenhum momento a senhora falou o nome de sua querida mãe, mas me parece ser Dona Inalda Cabral. Se não for, desculpa-me ter me confundido.

    ResponderExcluir
  3. Convite

    Estou lhe convidando a visitar, uma página que mantenho na Internet.
    Não tem nem Cores e nem Nuances, por isso nominar de blogue, é muita pretensão. Mas, solicito que vá até lá, e possamos seguirmos juntos por eles. Estarei grato, esperando por você. E desde já o meu sentimento de gratidão.

    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ONDE ANDA OLGA BONGIOVANNI

CENTENÁRIO DE DIX-HUIT ROSADO