O MUNDO DE LUTO



Foto de Flávio Rezende 

De repente a roupa de marca, o perfume importado e as jóia  não servem mais para nada, porque não tem onde exibi-las.
De repente todo o dinheiro guardado não tem onde ser usado, porque não se pode viajar ou fazer compras nos shoppings.
De repente um carro só é o suficiente, porque não se pode ir para lugar algum.
De repente aquele  churrasco com a família  teve que ser cancelado e a carne congelada, porque não se pode fazer reunião familiar. 
De repente aquela linda casa que vivia cheia  ficará sem ninguém  porque não se pode receber visitas.
De repente os idosos  terão que ficar sozinhos sem o carinho dos filhos e netos porque um simples abraço  pode custar sua vida
De repente aquela sonhada festa teve que ser cancelada, porque as pessoas tem medo de estar juntas.
De repente a vontade de estar perto das  pessoas queridas se tornou um desejo proíbido  porque amar agora é ficar distante
De repente entrar na igreja se tornou algo impossível,  porque as portas estão fechadas.
De repente o mundo inteiro afetado porque uma pandemia ameaça a população. 
De repente tudo que se precisa é da misericórdia de Deus🙏, porque mais nada importa agora.

(Autor desconhecido)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CENTENÁRIO DE DIX-HUIT ROSADO

ONDE ANDA OLGA BONGIOVANNI